Fruet fala bobagens e “provoca a torcida atleticana”

A poucos dias do Atletiba na Baixada (clássico será no dia 20 de março), o notório e confesso coxa-branca, Gustavo Fruet perdeu uma boa oportunidade pra ficar quieto.

Quis o político, fazer graça sem se importar com o cargo que ocupa, prefeito da cidade. Fruet que na condição de administrador municipal tem feito de tudo pra prejudicar a consolidação do estádio do Atlético Paranaense, tentou desfocar a trajetória que tivemos para construir a melhor e mais bela arena do futebol brasileiro.

Numa brincadeira de mau gosto, o prefeito ‘preguiçoso’ como é chamado na Boca Maldita, disse que a vinda do UFC para Curitiba é mais importante do que foi a vinda da Copa do Mundo em 2014. Afirmou isto, tentando dar a ideia de que sua gestão teria muito a ver com a realização do mega evento em nossa capital.

Ora alcaide, o estádio do Atlético Paranaense só foi concluído e na magnitude que hoje possui, graças a vinda da Copa FIFA 2014. E é pela condição formidável de nossa arena que estamos trazendo shows e espetáculos de alcance internacional. Tudo num projeto continuado. Projeto que você, Fruet, tentou e tenta, sem sucesso prejudicar.

E mais: Fizemos a arena, instalamos o teto retrátil, instalamos a grama sintética, e você Gustavo Fruet ainda não terminou a reforma da praça Afonso Botelho, parte integrante das obras necessárias para a acolhida da Copa do Mundo. #calabocafruet

MARIO CELSO PETRAGLIA DESTACA ESTRUTURA ATLETICANA PARA RECEBER O UFC 198
O Estádio Atlético Paranaense será palco da edição 198 do UFC [Ultimate Fighting Championship]. As lutas em Curitiba estão marcadas para o dia 14 de maio, no maior evento da história do UFC no Brasil.

Na tarde desta quinta-feira (10), representantes do UFC estiveram no estádio atleticano para uma visita técnica. Para o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético Paranaense, Mario Celso Petraglia, a realização de um evento deste porte na casa rubro-negra demonstra a função multiuso do local.

“O Brasil tem vários estádios de futebol, mas nenhum apresenta as condições do teto retrátil. Eles [UFC] foram para a Austrália, onde também tem um projeto neste sentido e fizeram um grande evento”, disse Petraglia. “O ambiente possibilita, porque não pode chover. Não tem outro lugar no Brasil a não ser aqui no nosso querido estádio do Clube Atlético Paranaense”, completou.

O evento do UFC em Curitiba terá como luta principal a primeira defesa de cinturão do peso-pesado brasileiro Fabricio Werdum. Ele enfrentará o americano Stipe Miocic. O card terá ainda um duelo entre os tops da categoria dos médios Vitor Belfort e Ronaldo Jacaré, que pode definir o próximo desafiante ao título, entre outras estrelas brasileiras rankeadas como Rogério Minotouro e Demian Maia.

“Tudo isso faz parte do projeto que idealizamos. Já sabíamos que os caminhos a percorrer e as etapas que conquistaríamos seriam neste sentido. Estamos felizes em saber que aquilo que idealizamos e materializamos estava certo. Curitiba receberá este evento e o nome do nosso clube será promovido para bilhões de pessoas”, finalizou Mario Celso Petraglia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *