Estudantes do ensino médio participam de workshops sobre protagonismo social

protagonismo_social

Estudantes do ensino médio de cinco escolas da rede estadual em Curitiba e Região Metropolitana participaram, ao longo desta semana, de uma série de palestras interativas e workshops sobre a transição da vida escolar para o mundo do trabalho e protagonismo social.

Os encontros fazem parte do projeto Juventude Mais, ministrado pelo professor Marciano Cunha da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Através do projeto, a Secretaria de Estado da Educação intensifica as ações junto ao público do ensino médio e contribui com projetos de vida dos estudantes que estão finalizando essa etapa. Foram três encontros em cada instituição de ensino, com duração de duas horas cada.

PLANOS CONCRETOS – O objetivo das palestras foi despertar nos adolescentes a consciência sobre sua trajetória social e fortalecer o protagonismo participativo, para que eles transformem seus sonhos e anseios em planos concretos. “Ao trabalharmos com esses três segmentos estamos despertamos nos estudantes a perspectivas de um futuro melhor”, lembrou o professor Marciano.

“Essa iniciativa se soma às atividades de cidadania e protagonismo que já são desenvolvidas em nossas escolas. É muito importante que nossos estudantes tenham consciência de seu papel transformador na sociedade”, disse a superintendente da Educação, Fabiana Campos.

Os estudantes do ensino médio foram escolhidos por estarem em um momento de transição da adolescência para a vida adulta, da escola para o mundo do trabalho. “Quando associamos a trajetória do indivíduo aos seus sonhos e projetos, conseguimos abrir a possibilidade de um futuro com sucesso”, destacou o palestrante.

NOVAS POSSIBILIDADES – Nesta sexta-feira (12) foi a vez dos estudantes de terceiro ano do Colégio Estadual Costa Viana, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba, participarem das palestras. Para o estudante Gabriel Silva Prado, 16 anos, a oportunidade foi importante para despertar para novas possibilidades para o futuro. “Achei muito interessante porque para nós, que somos jovens, e ainda estamos decidindo o que vamos fazer no futuro, esse tipo de evento nos tira um pouco da rotina de sala de aula e abre novas possibilidades. Nós sabemos que o mundo vai muito além de matérias curriculares, por isso é preciso aprender como viver e como aplicar isso em sua vida”, disse o aluno.

Já Heloísa Camila Costa, 17 anos, revelou que o evento contribuiu para planejar melhor quais os caminhos seguir após a trajetória escolar. “A palestra foi sensacional porque agora consigo ver o meu futuro de outra maneira, primeiro pensar, sentir, e depois agir. Isso era uma coisa que eu não fazia, queria sempre agir sem pensar. A palestra foi importante para eu pensar melhor sobre o que eu quero para o meu futuro”, disse ela.

Os encontros foram realizados entre os dias 8 e 12 no Colégio Estadual Maria Gai Grendel, Colégio Estadual Hildegard Sondahl e Instituto de Educação Erasmo Pilotto, em Curitiba; Colégio Estadual Papa João Paulo I, de Almirante Tamandaré, e Colégio Estadual Costa Viana, de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *