Curitiba na vanguarda da democracia brasileira: 200 mil na rua pelo impeachment

A Polícia Militar do Paraná elevou para 200 mil a estimativa de público participante na manifestanção pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), neste domingo, no Centro de Curitiba.

O número divulgado representa mais do que o dobro do público registrado no ato de março de 2015, quando 80 mil pessoas participaram do protesto na Capital paranaense.  De acordo com a PM, apesar das preocupações de líderes políticos e da própria segurança pública sobre o risco de confrontos entre grupos pró e contrários o governo, não houve incidentes graves durante os protestos. O único registro foi a detenção de um rapaz de 27 anos, que portava fogos de artifício escondidos na roupa. Ele foi detido nas proximidades da rua Presidente Faria, no centro da Capital.

Como nos atos anteriores, muitas pessoas usam camisetas da seleção brasileira, portam bandeiras e faixas pedindo o afastamento da presidente. Alguns manifestantes usam máscaras com o rosto do juiz Sérgio Moro, responsável pelo processo da Lava Jato.  A concentração começou na Praça Santos Andrade, no início da tarde. Em seguida, os manifestantes saíram em passeata pela rua XV de Novembro até a Boca Maldita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *